domingo, 30 de Março de 2008

Calzonne de Atum


Como ontem referi, o jantar de amigos foi fantástico e depois de vermos algumas fotos de experiências anteriores, decidimos postar o calzonne de modo a relançar o sucesso deste prato e a facilidade com que se fazem receitas diferentes e deliciosas!
Nesse dia, a razão de ter feito uma calzonne, deveu-se a ter 1 placa de massa quebrada há já quase 2 semanas a aguardar por uma tarte de coco ou de maracujá, mas dadas as festas (Páscoa, aniversários e dias de pai) em que se comem tantos outros doces, foi sendo adiada e em vias de se estragar! Por isso e porque vai bem com tudo, decidi misturar quase todos os legumes congelados que tinha ao atum e este foi o resultado.
Ingredientes:
1 embalagem massa quebrada enrolada
3 latas de atum em azeite (gosto muito da 'Tenório')
3 colheres de sopa de molho de tomate (com cebola e alho)
1 porção de brócolos
1 porção de feijão verde
1 porção de espinafres em folha
1/2 courgette em pedaços
1 cebola
sal, pimenta e noz moscada q.b.
Confecção:
pré-aquecer o forno a 200 graus .
Fazer um pequeno estrugido com cebola e parte do azeite do atum enlatado. Deitar o molho de tomate e o atum e mexer bem até que o atum se desfaça. De seguida misture os legumes (caso não tenha ou não goste de algum dos ingredientes, pode substituir por outros que aprecie) e tempere a gosto (eu gosto especialmente do tempero da noz moscada em pratos como este, pois acho que confere um sabor mais apurado)!
Entretanto disponha a massa num prato de pizza (pique a massa) e coloque a mistura de atum em metade da massa e tape com a outra metade. Para que as extremidades adiram sem abrir durante a cozedura, sele as mesmas com um pincel molhado em água e faça pressão sobre as mesmas, dando um aspecto final mais típico (com um garfo ou simplesmente enrole a massa nas pontas).
Deixe no forno durante +- 15m.

sábado, 29 de Março de 2008

Gelado de Côco com pepitas de chocolate

Ora pois... arrebita o tempo e dá logo vontade de fazer receitas próprias do verão!
Não fosse a Primavera andar distraída e não aparecer na sua altura, já andavamos todos mais dispostos para começar a pensar em esplanadas, passeios junto ao mar e no fim deles, um geladinho!!!

No entanto, no conforto do lar, a temperatura é sempre mais quente e como a 'Primavera é quando um Homem quer'', mais depressa pensei, mais depressa o fiz!
A propósito de um jantar de amigos que vou dar em casa hoje, andei a sondar a dispensa e lembrei-me de que tinha pasta de côco guardada e à espera de ser usada numa receita apetitosa. Na pesquisa cibernáutica, apareceram muitas opções de utilização, mas o gelado de côco foi sem sombra de dúvidas a mais tentadora.
Na Vaqueiro descobri esta receita que segui religiosamente para primeira experiência e que vou repetir ao longo das próximas estações.
Ingredientes:
1 embalagem leite condensado light
2dl leite
100g de pasta de côco
4 dl natas light
pepitas de chocolate q.b.
Confecção:
Depois de bater as natas e esperar que atinjam alguma consistência, reserve no frigorifico. Pode então aquecer em lume médio ,o leite condensado e logo de seguida juntar-lhe o leite e a pasta de côco, partida em bocados (para ser mais fácil de desfazer).
Mexa bem, até sentir que a pasta está dissolvida e junte-lhe as natas arrefecidas.
Verta o preparado em tacinhas (se vai servir individualmente) ou num recipiente para mais tarde servir o gelado.
Deite algumas pepitas de chocolate e mexa para que se misturem.
Leve ao congelador por 5/6 horas e bom apetite!

segunda-feira, 24 de Março de 2008

Cheesecake de morango

A Páscoa é por excelência, uma época doce e de doces sobremesas... 
embora o famoso Pão-de-Ló, tão típico da altura e tão apreciado, seja o 'rei' das mesas portuguesas como sobremesa predilecta, há sempre lugar a outras iguarias igualmente saborosas, que não destoam a vista!
E quanto a um cheesecake, não há quem lhe resista... por muitas promessas que tenha feito à cintura!

Ingredientes:
1 pacote de bolachas de aveia (usei da marca triunfo)
50/60g de margarina liquida
1 pacote de natas light

6 colheres de sopa de açucar
200g de queijo Filadélfia
6 folhas de gelatina branca
1 frasco de compota de morangos ou frutos vermelhos light

Confecção:
Coloque as folhas de gelatina a hidratar em água fria durante 10 minutos.
Entretanto, triture as bolachas numa picadora e misture com a margarina previamente aquecida num tacho.Depois da base preparada, forre a forma de fundo amovível e reserve no frigorífico.
À parte, misturam-as as natas e o queijo Filadélfia de modo a que fique um creme macio. Retire as folhas de gelatina da água fria e aqueça-as, em pouca água, sem deixar ferver e junte ao preparado das natas e mexa até sentir um creme consistente.
Verta o semi-frio na base de bolacha e reserve no frigorífico durante 2 horas.
Após este tempo pode barrar a compota por toda a superfície da forma e decorar com um ou três morangos no centro, abertos em quatro.

domingo, 16 de Março de 2008

Beringelas Recheadas com Arroz Selvagem e Soufflé de Café

Na estreia do blog, reservei uma tertulia especial para o cardápio e fiz uma receita banal que resulta sempre bem, pela facilidade da sua confecção, mas também porque acaba por ser diferente do habitual, vulgo, os pratos mais tradicionais e que normalmente acabam por ser os mais procurados, porque sabemos que calham sempre da mesma forma (a julgar pela segurança)!!!
Desta vez, escolhi as beringelas recheadas (com carne picada de frango e de vaca) com arroz selvagem e para sobremesa, um soufflé de café!


O resultado? Maravilhoso. As imagens? Um desastre!

Infelizmente, não disponho de muita luz natural, o que faz da hora de jantar um problema para divulgar convenientemente as receitas e os pratos...

De qualquer forma não deixam de ser apelativos e interessantes à 1ª vista!