segunda-feira, 24 de março de 2008

Cheesecake de morango

A Páscoa é por excelência, uma época doce e de doces sobremesas... 
embora o famoso Pão-de-Ló, tão típico da altura e tão apreciado, seja o 'rei' das mesas portuguesas como sobremesa predilecta, há sempre lugar a outras iguarias igualmente saborosas, que não destoam a vista!
E quanto a um cheesecake, não há quem lhe resista... por muitas promessas que tenha feito à cintura!

Ingredientes:
1 pacote de bolachas de aveia (usei da marca triunfo)
50/60g de margarina liquida
1 pacote de natas light

6 colheres de sopa de açucar
200g de queijo Filadélfia
6 folhas de gelatina branca
1 frasco de compota de morangos ou frutos vermelhos light

Confecção:
Coloque as folhas de gelatina a hidratar em água fria durante 10 minutos.
Entretanto, triture as bolachas numa picadora e misture com a margarina previamente aquecida num tacho.Depois da base preparada, forre a forma de fundo amovível e reserve no frigorífico.
À parte, misturam-as as natas e o queijo Filadélfia de modo a que fique um creme macio. Retire as folhas de gelatina da água fria e aqueça-as, em pouca água, sem deixar ferver e junte ao preparado das natas e mexa até sentir um creme consistente.
Verta o semi-frio na base de bolacha e reserve no frigorífico durante 2 horas.
Após este tempo pode barrar a compota por toda a superfície da forma e decorar com um ou três morangos no centro, abertos em quatro.

2 comentários:

Carla disse...

Mana, mana!! Que delícia... e o pior (melhor, claro!!) é que eu comprovei este sabor dos deuses!
:)

Leonor de Sousa Bastos disse...

ahah..cá está o cheesecake!!:)

Estive a ler o ínicio do seu blog e a ver mais detalhadamente as receitas postas...achei engraçada a primeira "aversão" a blogs...comigo, passava-se precisamente o mesmo. Até ter este blog, e mesmo depois, não fazia a menor ideia de como funcionava este mundo. Sempre que encontrava um blog novo, era como entrar numa casa alheia sem um convite...explorava o espaço e nem tinha a coragem de deixar algum comentário.
Agora, começo a sentir-me mais à vontade, a "familiarizar-me" com tudo isto e confesso que já estou viciada!
Não consigo passar um dia sem vibrar com cada mensagem deixada e não pude mais cozinhar sem pensar na melhor maneira de apresentar as receitas.
Fico contente por mais uma "descoberta"... uma nova "casa" onde vou regressar muitas vezes...:)