domingo, 28 de Setembro de 2008

Dia de Cakes, mini-cakes e madalenas...

Sinto que a paixão por foodblogs tem vindo a crescer em mim, pelo que me tornei uma viciada na pesquisa de mais blogs, mais receitas e melhores fotos. E de facto, fico espantada com a quantidade e qualidade dos blogs que encontro... este vicio começa a tornar-se um sério problema, pois a dada altura (não chegasse as horas de trabalho, a chegada (muitas vezes) tardia a casa, todos os afazeres domésticos e ainda arranjo tempo para pesquisar, aprender e ganhar ânimo para me 'meter' na cozinha - muitas vezes a horas impróprias para ligar o forno - e começar uma aventura).

A verdade é que sinto que estou no ''meu SPA'', no meu território e ninguém nem nada pode estragar o momento em que só eu decido se vai primeiro a farinha ou o açúcar, os ovos ou as claras e depois deixo-me levar nos minutos em que a experiência vai ao forno e fica a ganhar cor.

Tenho milhares de receitas a pop-up'ar' em mim, milhares de fotos a pedir para serem tiradas, milhares de ideias para pôr em prática e poucas cobaias para provar toda a doçaria que insisto em fazer TODOS os fins-de-semana.
Não posso criticar, que de facto seja complicado para as visitas, amigos e familiares, ingerirem doces até não haver amanhã só porque me apetece, mas gosto tanto de as fazer...
sinto que estou a começar uma licenciatura auto didacta nos corredores da gastronomia e sei que vou precisar de muitas aulas extra e recorrer a explicações, mas não quero voltar a atrás, quero continuar a viver esta ânsia de aprender algo novo e na qual me sinto verdadeiramente bem!



Cakes, Mini-Cakes e Madalenas...
(adaptação de várias receitas, de vários blogs e muitas leituras)

A base (dos bolinhos) é toda ela a mesma, mas como se tratou apenas de uma 1ª experiência neste sector, posso garantir que o resultado é fiável e a apresentação varia de acordo com o desejo e as formas disponíveis.

No meu caso, foi muito divertido fazê-las! Aqui fica uma representação das experiências.

Base dos mini-cakes (Bolo de Iogurte):
2 iogurtes de aromas (ex.tutti-frutti)
2 copos de óleo (o copo do iogurte serve de refª de medida)
2 copos de açúcar
5 copos de farinha
4 ovos
1 colher de café de fermento

*Acrescentei*
sumo de 1 laranja
raspa de metade da laranja

*para os cakes*
usei 12 quadrados de chocolate negro 70% e piquei para acrescentar na última base da mistura

Confecção
misturar todos os ingredientes do bolo de iogurte e acrescentar a raspa da laranja e o sumo. Voltar a misturar e verter nas formas já untadas com manteiga e farinha. No meu caso, deu para dois mini-cakes e 10 madalenas.
À restante base misturei o chocolate picado e verti sob forminhas de pudim flan.
Levar ao forno à temperatura de 180ºc por 20 minutos. Fazer o 'teste do palito' antes de retirar do forno.

sábado, 20 de Setembro de 2008

Paixão por fruta....

O que fazer com os maracujás, quando a árvore que os gerou, no-los oferece em forma de gratidão?
Um Pudim de Maracujá, porque não?

PUDIM DE MARACUJÁ
(adaptação de Cook & Eat 'passion fuit puddin')

Ingredientes
40 gr de margarina (à temp. ambiente)
110 gr de açúcar
100 gr farinha sem fermento
polpa de 6 + 6 maracujás
3/4 chávena de leite M/Gordo
2 gemas e 2 claras

Confecção

Barre a forma ou forminhas, onde vai servir o pudim com manteiga e ligue o forno para os 180ºC. Bata a manteiga com o açúcar, junte a farinha aos poucos, o leite, as gemas e a polpa de 6 maracujás. À parte bata as claras em castelo e misture no preparado anterior, misture cuidadosamente e leve ao forno durante 15 minutos, sem baixar a temperatura. Quando o topo ficar dourado, desligue e verta a restante polpa. Mantenha no forno mais alguns minutos.

Pão, iogurte e muita fome...

Ah!!! Que apetite e que vontade de comer... (isto dito pelos nossos avós tem muita piada, confesso de demorei algum a tempo a perceber a analogia).
Decici fazer tudo by myself e home made, por isso estava ansiosa pelo pequeno-almoço de hoje!

Há já muito tempo que não usava a iogurteira e o pão, confesso é um dos meus orgulhos, pois finalmente apanhei o jeito para o fazer bem e comê-lo melhor!

A máquina de pão foi-nos oferecida pela minha sogra no Natal de 2007 e o pão... bom, as receitas de um pão maravilhoso, foram-me cedidas com muito carinho pelo meu pai. Por isso, a combinação de muitos amores, faz com que o pão saia sempre delicioso.

Hoje as alterações que fiz, sairam da ideia no momento em que estava a juntar os ingredientes e tenho de confessar que com ou sem acompanhamento, cada fatia dá vontade de comer e comer mais.


PARA O PÃO (de 600gr)
150 gr farinha tipo 55
150 gr farinha com sementes girassol (Lidl)
300 gr de farinha de vários cereais (Lidl)
2 colheres sopa açucar
1/5 colher chá sal
nozes partidas q.b.
1 mão cheia de sementes de papoila
1/3 de fermento padeiro (jumbo)
400 ml água

Confecção
Misturar muito bem os ingredientes secos com uma colher e deitar a água e o fermento já dissolvido em água quente no fundo do recipiente.
Juntar as farinhas e seleccionar a máquina para: 1 - pão branco; 2- tostar escuro;3 - tamanho grande.
Esperar 3h35min.

PARA O IOGURTE (7 iogurtes)

1lt de leite meio gordo

1 iogurte Tutti-frutti aromas

Confecção

mexer muito bem os líquidos e verter nas tacinhas de iogurte. Deixar repousar por 10/12 horas.

Deixar arrefecer e levar ao frigorífico.

quinta-feira, 18 de Setembro de 2008

Muffins Chocolate/Laranja


Acabados de sair do forno e ainda húmidos, como manda a tradição...
Estes muffins são exemplares de uma receita postada pela querida Joaninha e seu chef, que tinha guardada há já algum tempo e a prometer fazer para experimentar a mistura de sabores...

Não cresceram muito (embora tenha colocado o fermento como vinha no 'script'), mas acho que o chocolate o 'abafou' e não deixou crescer os bolinhos... 'guloso'!!!

Eram doze... agora restam 4!!! Tenho de dizer mais alguma coisa???

Ingredientes (para 12 formas)
(*vou 'plagiar' a receita original, mas com pequeninas alterações)

. 200 grs de Farinha com 50grs de custard
. 2 c. café de Fermento (talvez por isso não tenham crescido tanto qto o desejado)
. 80 grs de Açúcar Amarelo
. 1/4 c. chá de Sal

. 1 Ovo
. 1 dl buttermilk*
. 1 dl sumo de Laranja
. Raspa da casca de 1 Laranja
. 1 Banana
. 50 grs de Manteiga
. 1 dl de Óleo
. 1 c. chá essência de Baunilha

. 3 c. sopa de chocolate em pó

Confecção

Aqueça o forno a 180º e prepare a forma dos muffins colocando forminhas de papel em cada orifício.
Num recipiente misture os ingredientes secos - a farinha, o açúcar, o fermento e o sal.
Num outro recipiente misture os ingredientes "húmidos" - o ovo, o leite que misturou previamente com 1 c. de sopa de sumo de limão e deixou repousar pelo menos por 10 minutos, o sumo e a raspa de laranja, a banana esmagada com um garfo (se o fizer antes de a adicionar juntar gotas de sumo de limão para não oxidar), a manteiga derretida no micro ondas, o óleo e a essência de baunilha.
Adicione os ingredientes líquidos ao recipiente dos ingredientes secos e com um garfo misture grosseiramente os dois sem mexer demais e de forma a que a massa não fique muito homogénea. by Joaninha

Aqui iniciei as minhas alterações:
Dividi os ingredientes líquidos em duas partes, deixando apenas o chocolate em pó por misturar numa das taças.
Talvez seja necessário adicionar um pouco mais de óleo à massa de muffins, para que fique mais maleável e fácil de trabalhar.
No final misturei os dois preparados e mexi com um palito para que se fosse visível a mistura de cores.

sábado, 13 de Setembro de 2008

Tartes Rápidas

Pois bem, as tartes hoje em destaque, são tão rápidas na sua confecção como no tempo em que demoram a ser devoradas... por isso, estes exemplares correspondem à 3ª tentativa de prova, de que foram (um dia) realizadas.
Vou ter de as repetir concerteza...


Ingredientes
placa de massa folhada fresca (Lidl) ou
placas de massa folhada congelada
3 pêras rochas ou 3 maças granny smith/reinetas
30 g açúcar
15g margarina
natas frescas

Confecção

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Cortar a massa folhada em quadrados finos em forma rectangular e reservar na placa de forno sob papel vegetal. Caramelizar finas fatias de fruta (neste caso aproveitei pêras e maçãs) e depois de ligeiramente arrefecidas, colocá-las ordenadas nos já preparados rectangulos e leve ao forno a temperatura média de 100ºc, por + - 10''.

Entretanto faça um toffee de caramelo e junte ao açúcar e margarina que usou para caramelizar a fruta, um pouco de natas (não vou apontar uma medida, porque fiz a olho) e mexer até fazer um molho cor de caramelo e espesso.

Verta este toffee nas tartes depois de prontas e (se conseguir), devore-as já mornas...